Dia Mundial do Diabetes alerta para a importância de prevenção e cuidados com a doença

Sistema Hapvida desenvolve programa Viver Bem que dá assistência aos pacientes com o tipo 2 da doença, o mais frequente no país

25/11/2021 às 10:28:18 | Por: Phábrica de Ideias - Assessoria de Comunicação

Ricardo Bezerra Walraven, coordenador corporativo de Inteligência e Saúde do Hapvida, e que também coordena o programa Viver Bem (Divulgação)

Celebrado neste mês de novembro, o Dia Mundial do Diabetes alerta para a importância da prevenção e sobre o acompanhamento da doença. A data de 14 de novembro foi estipulada pela Federação Internacional de Diabetes (IDF) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para reforçar a conscientização e ainda oferecer alternativas para as dificuldades enfrentadas pelos pacientes.


Com este foco, também foi criado, em 2017, o programa Viver Bem, pelo Sistema Hapvida. O programa já atendeu mais de 23 mil pacientes nas cidades de Fortaleza (CE), Salvador (BA), Recife (PE), Goiânia (GO) e Ribeirão Preto (SP). Em Ribeirão Preto, já são 130 pessoas assistidas. "A doença está crescendo mundialmente. Por isso, o Hapvida criou o programa, para ajudar pessoas com diabetes a controlar o mais rápido possível a doença e evitar as complicações. E isso é feito por meio dos pilares de tratamento do diabetes, que são: uma alimentação saudável, exercícios físicos frequentes e uso de medicações, sempre que necessário. Isso para que o paciente chegue a um nível de compensação da doença o mais rápido possível e evite as várias complicações que a doença pode trazer, como infarto, AVC, doença renal crônica ou até amputações", explica Ricardo Bezerra Walraven, coordenador corporativo de Inteligência e Saúde do Hapvida, e que também coordena o programa Viver Bem.


Assim, por meio de uma rede de apoio proporcionada pelo programa, os pacientes com diabetes tipo 2 podem contar com orientações de especialistas qualificados. Hoje, o Viver Bem tem uma equipe composta por médicos especialistas em medicina da família, enfermeiras e nutricionistas, que acolhem e orientam o paciente a novos hábitos.


"O diabetes tipo 2 é a doença mais comum na população. Cerca de 95% das pessoas possuem este tipo. Mas, apesar de mais frequente em relação ao tipo 1, ela é bem mais fácil de prevenir e, também, de controlar, explica o médico.


O diabetes é uma doença que afeta mais de 16,8 milhões de brasileiros, ou 7% da população, e Ricardo também diz que, o tipo 2 da doença se desenvolve por hábitos de vida não saudáveis, como uma alimentação com muitos açúcares e carboidratos e pouco exercício físico. Logo, para prevenir ou para controlar, é preciso adotar hábitos saudáveis e fazer o acompanhamento médico. "A dieta precisa ser rica em verduras, frutas e proteínas. Além de exercícios físicos frequentes, de 150 minutos por semana, divididos em três a cinco vezes por semana", aconselha o coordenador do Viver Bem.

 

Phábrica - Assessoria de Comunicação
Nossa equipe está 100% em Home Office.

Compartilhe com Seus Amigos