PONTE SOBRE O RIO AGUAPEÍ, NA RODOVIA ASSIS CHATEAUBRIAND, SERÁ INTERDITADA NA TERÇA (10)

Por questão de segurança, construção da nova ponte será no Km 348, na divisa entre as cidades de Santópolis do Aguapeí e Iacri; investimento do DER é de R$ 11 mi

06/09/2019 às 22:17:29 | Por: Assessoria de Comunicação

(Divulgação)

São Paulo, 6 de setembro de 2019 - O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) vai interditar, a partir desta terça-feira (10), a ponte sobre o rio Aguapeí, na rodovia Assis Chateaubriand (SP 425), altura do Km 348, na divisa entre as cidades de Santópolis do Aguapeí e Iacri -- na região de Araçatuba. A interdição é necessária para a segurança de motoristas e usuários, após vistoria técnica, realizada nos últimos dias, indicar instabilidade da estrutura.


O projeto executivo para construção de uma nova ponte no local já foi concluído e o edital de licitação para contratação das obras será publicado nos próximos dias.


Com ao menos R$ 11 milhões de investimento do Governo do Estado, a nova ponte terá extensão de 115 metros, guarda corpos, barreiras de concreto e será construída em nível mais alto do que a antiga, evitando assim as constantes enchentes que acometiam o local com as cheias do rio Aguapeí. O prazo de obras previsto é de ao menos 18 meses.


Rotas Alternativas – Com a interdição da ponte, os motoristas que trafegam do Paraná ao Estado de Minas Gerais, poderão utilizar como desvio principal a Rodovia Euclides de Oliveira Figueiredo (SP 563). A partir daí, tomará rotas distintas relativas à região de Minas Gerais a ser acessada. Também é pela Rodovia Euclides de Oliveira Figueiredo (SP 563) que os motoristas vindos do sudoeste de Minas poderão seguir viagem para o Paraná, durante o período de interdição da ponte.


Já o tráfego local, nas cidades vizinhas a Santópolis do Aguapeí, Iacri, Rinópolis e Piacatu, a rota alternativa oficial passa pelas rodovias Comandante João Ribeiro de Barros (SP 294), Euclides de Oliveira Figueiredo (SP 563) e Via Rondon (SP 300), no sentido das cidades de Rinópolis ou Parapuã até Bilac ou Clementina.


A população local pode ainda utilizar vias municipais. A atual gestão do DER trabalha para realizar melhorias nessas estradas. O Departamento está em tratativas com prefeituras da região para que sejam firmadas parcerias e realizadas obras, em caráter emergencial, para melhorias destas vias.


Monitoramento - Os usuários contarão com sinalização indicando a interdição nas rodovias do entorno. A Policia Militar Rodoviária, por meio de seus agentes, atuarão com intenso patrulhamento. Viaturas das Unidades Básicas de Atendimento também estarão a postos para melhor orientação dos motoristas. Todas estas informações constarão nos Boletins Informativos, que poderão ser acessados no site www.der.sp.gov.br e pelo Twitter (@_dersp). O Centro de Operações e Informação estará 24 horas em funcionamento e o contato poderá ser realizado pelo telefone de emergências, o 0800 055 5510.

Compartilhe com Seus Amigos